https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

25 de jul de 2011

A luz que de ti irradia


Pode o Sol se por
A Lua nem aparecer
As nuvens o céu cobrir
A noite ficar completamente escura
A lanterna em minha mão apagar
As estrelas podem se retirar
Sempre vou poder te achar
Em meio à total escuridão
Basta abrir teus olhos, minha amada
O brilho do teu olhar poderá iluminar o caminho

Teus olhos que irradiam
O amor que sentes por mim
É suficiente para clarear a estrada
Venha minha amada
Quero a luz que de ti irradia
Poder ter você em minhas mãos
Um abraço apertado, um beijo terno
Lábios carentes junto aos meus
O aroma que vem de ti
Puro encanto poder viver e sentir

Cara senhora
Lança meu nome aos ventos
Eles saberão vir até mim
Uma suave brisa sopra agora
Satisfaça meu desejo, imploro
Amor e desejo, os tenho de sobra por ti

Canta em meus versos
Luxuriantes palavras
Enche meu peito de desejos
Una teu coração ao meu
Senta em meu colo
Amada e amante do poeta

Quantas vezes poderei repetir
Sem que te canse de ouvir
Que te amo e quero
Meu amor, venero-te
Não me deixe nunca
Sem seu amor não poderei existir

Gerson Araujo Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário