https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

6 de set de 2010

Estais bela como outrora eras


Tuas roupas dependuradas
No varal de teu quintal
Ao sabor do vento num intenso movimento
Tão alvas refletindo a luz do sol
São lembranças que me trazem
A esta terra natal

Tu brincavas pelas ruas
Solta e faceira
Eu te olhava da sacada
Da varanda lá de casa
Desejando estar ao seu lado

Timidamente aproximei-me de ti
Numa tarde de domingo
Lá naquele bailinho
Do clube de nosso bairro
Tirei-te para dançar

Que felicidade a minha
Tu também me deixaste te levar
Toda a noite pelo salão
Minha mão na tua
A outra, em tua cintura
Tão fina e delicada
Eras bela e cobiçada
 Juventude aflorada
Os da turma me gozavam
Ela não é pro teu bico
Inveja pura, eu nem ligava

Hoje, por acaso
Passando na tua porta
Deparei-me com tua presença
Rodeada por teus filhos
Cada um mais belo são teus frutos
E você, continua ainda mais bela
Como outrora, eras...

Gerson (060910)

Nenhum comentário:

Postar um comentário