https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

30 de ago de 2010

Fome de amor..., sacia-me


O amor que desfrutamos
Nos faz achar o que a muito buscamos
É a paz dos nossos corpos
A leveza do nosso ser
A calma da nossa alma
É a nossa realeza, sem sangue azul, ter

Sempre que me tocas
Meu sangue se aquece
Meus músculos, enrijecem, intumescem
Respondes com rapidez, seu abraço apertado
Teu corpo ao meu atado
Nos fazem perder os sentidos
Audição, olfato, se perdem em meio aos
Gemidos, quase gritos

Nunca vou te deixar escapar
Meu destino é o teu
Nosso pensamento é um só
Amar sempre, seguir a corrente
Não podemos lutar contra isso
Sempre falo, não sou omisso

Se não gostas do que digo
Se pensas que flerto com outras
Não acredito, só a ti me refiro
Só teu corpo me sacia
Me alimente, me mata a fome
De tanto amor

Gerson (240510)

Nenhum comentário:

Postar um comentário