https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

15 de nov de 2013

Aqui distante e só, quero você


Mesmo longe, aqui distante e só, quero você
Melhor seria sair e ver o Sol, me distrair
Atender minhas vontades, respirar novos ares
Me lembrar de ti meu amor é uma constante
Não pudemos ainda sentir nossos abraços
Nossos beijos que com certeza serão deliciosos afagos
Corpos que nunca se tocaram, estarão sintonizados
Devidamente necessitados de viver nossas paixões

Não me diga que não devo ser ousado
Que me importe com tuas impossibilidades
Já esperei o bastante, te quero sobre mim
Deflagrar meus ímpetos de amante
Lapidar teu corpo qual diamante

Minha amada, pela distancia separada
Isolada em teu tempo e espaço
Nunca esqueça o quanto eu amo você

Cheia de desejos, acredito esteja
Levemente sinta minhas mãos nas tuas
Eu quero te ver, preciso rever tua imagem
Usar minha imaginação, lembrar de teus sussuros
Sentir as emoções outrora declaradas
Amante delicada, insuspeita e  por mim muito amada

Gerson Araujo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário