https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

19 de set de 2013

Tive a sensação de tê-la em meus braços


Cai a noite com seu manto estrelado
Levo minhas mão ao peito e tento sossegar este velho coração
Uma brisa repentina abre a janela da sala e me toca forte
Salienta meus reflexos, atiça meus pelos, enruga minha pele
Alerta e me põe de pé, vislumbro tua nua silhueta no escuro

Trajes despojados, jogados ao chão
Porta aberta, tua sombra se projeta sobre mim
Meus lábios procuram os teus delirantemente
Apaga este fogo, abranda a brasa de meu corpo
Não me importo de me tornar cinza ao final

Rolemos pelo chão sobre o tapete azul
Que já foi testemunha solitária de nossos encontros febris
De amor desenfreado, de paixão acalorada, de luxúria insaciável
O mel que me alimenta vindo de ti, me sustenta
Minha boca já percorreu teus confins
E acaba sempre aqui em teu colo protetor

Meu amor! Como espero este momento
Carregado de puro sentimento, me entrego
Quero viver cada instante junto a ti
Deita ao meu lado e sente este coração apaixonado

Chamo teu nome todas as noites
Lentamente vou sentindo tua presença
Enchugo as lágrimas, pois sei que não virá
Um turbilhão de impedimentos te afasta de mim
Saberei ser paciente pois te amo demais
Acordo e sinto frio agora, onde estais...? Teria sido um sonho

Fecho a janela, está ventando forte
A porta está trancada, a luz lá de fora apagada
Já é tarde, vou dormir em paz, por um momento
Tive a sensação de tê-la em meus braços
Foi uma mera ilusão, mas sei que pensa em mim
Isso me basta por hora, boa noite amor...

Gerson Araujo Almeida

3 comentários:

  1. Grande e romântico poeta! Bravo!

    Hélida

    ResponderExcluir
  2. Muito bom amigo...inspirado hem...um dia terás a sua amada ao lado e seus poemas mudarão ...da ilusão para a realidade...Abraços de luz!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia! poeta. realmente é lindo! és um eterno apaixonado. ♥ bjs

    ResponderExcluir