https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

16 de ago de 2013

Quero te dar meu amor intenso


Visitei teus campos, senti tua brisa no rosto, 
Por mais que procurasse não pude te encontrar
Me coloquei a relembrar dos momentos marcantes
Das juras que trocamos, das cenas que protagonizamos

Sem censura alguma nos pusemos a usufruir
De nossas intimidades, pudemos imaginar
Sentimos nossos corpos pulsar
Derramamos nossos suores em nossos lençóis
Molhamos e semeamos o amor em nós

Figura de mulher que deseja um amor intenso
Sabes bem do que precisamos e os meios que utilizamos
Teu gozo e satisfação ao alcance de nossas mãos
Nunca foram tão bem usados e aproveitados

Podia ver o relaxar de tua pele
O rubor de teu rosto, teus sons e gemidos
Teus sussurros e pedidos por mim atendidos
Nunca desejei parar se preciso vou implorar
Venha meu amor me deixe sentir como antes
Quero me deitar sobre ti, sobre teu colo
Em teus campos férteis e teus vales profundos

Como sinto tua falta nesta hora
Leve de mim minhas forças, meus desejos ocultos
Eu quero te amar como antes, pecaminosamente
Usufruir de cada apelo vindo de ti
Salta e galopa sobre teu corcel
Ama este pobre poeta que te adora, venha agora

Gerson Araujo Almeida

2 comentários: