https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

29 de jul de 2013

Estou escravizado por ti


Do amor eu sou escravo
O prazer deste amor é meu sustento
Ouvir de ti que me ama, me inflama
Aflora meus desejos e gera satisfação
Em cada movimento, embora solitário
No recanto escuro de meu quarto
Tento sentir como seria invadir teu corpo
Sentir o que tu sente nas noites solitárias
Pensando em como seria se ai estivesse

Loucuras e prazeres, nada de censura
Nossa cura é de fácil tratamento
Apenas precisa de nosso toque, suave e firme
Delicadamente exposto ao alcance das mãos

Lábios molhados, inundados
Pele nua e rubra de nossos desejos
Formas soberbas, contornos acentuados
Me levam ao teu paraíso de pecados e desejos inconfessos

Não se sinta envergonhada
Mesmo que saibam que de ti falo
Não nos importa mais nada
Apenas devemos tentar viver o que sentimos
Esse é o maior objetivo

Chama, deixe a mensagem bem explícita
Leva este teu escravo para tua cama
Eu me entrego sem resistência, submeto-me
Ultima teu gozo, agora e rápido, inunda teu lençol
Sente meus apelos latentes, pode ver o resultado
Ama este ser por ti escravizado

Gerson Araujo Almeida

Um comentário: