https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

1 de jun de 2013

Nossos mágicos momentos


A magia que se forma em nosso entorno
Logo que entras em meu solitário quarto
As sombras se vão, a luz que emana de ti radiante e feliz
Clareia nossa alcova nosso recanto com teus aromas se perfuma
Teus cheiros, agradáveis aromas de paixão, desejo e volúpia
Contaminam minhas mãos, pele e boca

Nossos salientes beijos, noite adentro nos percorrem
Nossos sutis toques, aumenta e faz nossa vontade fluir 
O mágico mel que escorre de nossos corpos quentes
Trêmulos e febris, dançam frenéticos em busca do prazer

Como te fazer todos os prazeres merecer
Quero ouvir a resposta de teu coração
Ainda me ama como antes? Ainda somos amantes?

Não importa a vida que leva, os ditames que cumpre
Quero-te sempre aqui, ao meu lado, o perigo não importa
Já é grande, longe de ti meu castigo
Sem poder te abraçar na hora que desejo
Tirar tuas vestes, te deixar nua
Sob a luz da Lua, que de inveja se vai mais cedo

Mulher que me alimenta de carinhos
Sedutora musa de meus versos
Quero te louvar, num pedestal colocar
Admirar depois do ato, deste delicado coito
Fui afoito, agora aprendi que o amor é manso
Não agride, apenas acaricia nossas almas, minha perfeita prenda

Chega mais perto, deita em meu peito
Leva tua mão, sente pulsar meu coração
Escuta meus sussurros, gemidos de prazer
Une teus lábios aos meus, arranca meus beijos
Sacia mais uma vez este corpo que reclama
Ache o caminho, liberta meus instintos, me faça relaxar

Gerson Araujo Almeida


2 comentários:

  1. ADOREI!!!Quando digo que é um bom sinal quando falas que sente vontade de escrever. Olha só a maravilha que saiu! PERFEITO!!!!

    ResponderExcluir
  2. puxa que inspiração! muito caliente este poema!

    ResponderExcluir