https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

11 de mai de 2013

Feliz Dia da minha Mãe


Mãe..., me desculpe
Eu não queria sair de casa
Mas o vício falou mais alto
Os amigos me levaram a isso
Não te ouvi e estou perdido aqui

Já fumei demais hoje
Acendi vários cachimbos
Cheirei de tudo até agora
Estou em outro mundo
Neste mundo parece
Que não tem comemoração
Só a solidão de um viciado
A podridão de onde vivo

A polícia nos expulsou hoje
Foi muita borrachada nas pernas
Cascudos na cabeça dolorida
Infestada de piolhos
Não tomo banho a cinco dias

Lembro quando mandava:
- Filho, vai tomar banho!
O jantar já está pronto!
E eu ainda dizia bravo:
- Espera aí, mãe! Estou ocupado!

Eu prometo mãe, se sair desta
Volto correndo para casa
Nem que roube algumas flores
Te darei feliz da vida um buque
Daquela rosas vermelhas que gosta
Um forte abraço, um beijo
É um pedido que te faço agora:
- Não me deixe ir embora,
quero me livrar desta droga,
que só mal me faz.
E viver contigo novamente em paz

Gerson Araujo Almeida

(A todas as mães que sofrem com seus filhos perdidos e presos ao vício das drogas,
nunca sintam vergonha de seus filhos, eles nunca esquecem de vocês)

Nenhum comentário:

Postar um comentário