https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

7 de abr de 2013

Posso te dar um abraço?



Cheguei cedo na tua cidade, 
não consegui uma passagem 
que me fizesse sair mais tarde 
do ponto onde me encontrava. 

Esperei por muito tempo por este momento, 
estar perto de ti, 
na rua onde mora, 
em frente a tua casa. 

Tenho que ter cuidado, 
posso ser visto, identificado. 
Não quero causar problemas, 
criar um desentendimento, 
uma recusa vinda de ti. 

Tens teus medos, 
reconheço, mas sou afoito, 
este é meu defeito, 
quero já, quero agora, 
te dar um abraço apertado. 

Quero sentir a tua emoção, 
o teu coração pulsar junto ao meu. 
Falar o quanto desejei este dia.
Este abraço bem apertado me realizaria.

Vejo a porta da casa se abrir
Saem pessoas, as conheço por fotos
Fecham o portão agora
Me aproximo, cruzo a rua, até o muro
Toco a campainha..., a porta se abre devagar
Com a mão, você me faz um sinal
Passo pelo portão aberto, corro
Corro até você, realiza meu desejo
Me deixe te dar um abraço bem apertado
Meu amor...

Gerson Araujo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário