https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

20 de fev de 2012

Minha semente em teu corpo

http://www.flickr.com/Divulgação.

Todas as sensações que me provocas
As tenho guardadas comigo
Neste corpo solitário que reclama por ti
Almejando um dia contigo compartilhar

Será meu eterno dia sem começo ou fim
Um luxuriante ato, a muito pensado
Estudado nos mínimos detalhes

Tua cama, teus lençóis o meu rival travesseiro
Onde pelas noites afora, tuas lágrimas afogas
Encosta teu peito com um único desejo
Que fosse teu poeta amado
Despido de toda cerimônia
Sem meios medidos querendo avançar
Sempre mais e mais, tirar todo o proveito
Saborear de teus desejos, teus beijos

Plantar minha semente
Em tão lindo território
Planícies lindas e delicadas
Fazer germinar este amor que nos absorve
Irrigar os teus vales e te amar para sempre

Desejo e quero, acredito nesta força
Que me motiva e impulsiona
Me trás a realidade que já sonhei um dia
Ser teu amado por uma vez
E merecer voltar e tua posse reclamar

Serás minha e de mais ninguém
Não quero dividir o que me é tão caro
Um tesouro que achei em minha ilha
Na qual aportaste e nunca mais irás sair

Carinho quer este homem dar-te
Levar-te pelas mãos querida, amar-te
Encher meu peito de paixão e desejo
Unindo duas almas e dois corpos, perfeitos
Saciar nossa sede, abrandar nosso ímpeto
Amar o quanto for de nosso destino dispor, infinito

Gerson Araujo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário