https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

8 de jan de 2012

Nossa morada de amor

sortimentos.com/Divulgação.

Quando minha morada estiver montada
Bem próximo quero de ti estar
Vou ter o cuidado para que seja bem aconchegante
Terá sempre uma garrafa gelada de espumante
Esperando ser aberta para saudar tua chegada
E depois, te amar sem receios, sem pressa sem medos
Apenas lençóis macios e de seda os travesseiros
Poderão comigo admirar tua beleza

Nosso futuro recanto
Bem longe de tudo e de todos
Só os pássaros saberão onde fica
Só a Lua, poderá nos visitar nas noites de ternura
Só as estrelas poderão nos ver e entender
Que terminou nossa procura
Nosso ninho de amor existe

Deste sonho não estamos longe de acordar
Vamos enfim realizar nossos desejos
Levar-te pela mão, deitar-te em meu colo
Calar tua boa com meus beijos
Deixar-te satisfeita, realizada e muito amada

Quando a manhã chegar
Por hora, terás de ir
Não vou te acordar agora
Deixarei que o Sol te desperte
Permitir que seus raios a toque
Não tenho ciúme dele
Ele me mostra a beleza de tua alva pele
Este corpo que me seduz
Onde posso delicadamente invadir e habitar
E meu amor em teu coração, guardar

Clara luz que sai de teu olhar
Leva minha alma por longos caminhos a me guiar
Espero sempre poder esta luz enxergar
Unir nossas energias, tudo superar
Sempre vou te amar, minha musa de rara beleza
Ande até tua sacada, a brisa da noite um beijo meu irá te dar

Gerson Araujo Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário