https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

2 de jan de 2012

Momentos de nostalgia

cinediario.blogspot.com/Divulgação.

 Me pego a pensar na vida que passou
Pelos dedos escapou, ainda posso lembrar
Momentos felizes, a mente clara cheia de poesia
Repleta de alegria a contemplar

Ainda me sinto contagiado, relembrar o passado
Faz bem a alma e me transporta abro janelas e portas
Deixo de o tempo a brisa entrar pondo-me ao largo
Não quero atrapalhar

Da infância a puberdade
Moço astuto, rapaz levado
Namorador e sedutor
Sempre ágio na palavra
De muitas namoradas, rodeado

Bons tempos aqueles
Muita esquiva, artimanhas
A mentira nunca foi minha prática
A sedução minha praia
Sempre respeitei moça de família
Nunca abusei da tenra idade
Só moça de maior, trazia ao lado

Hoje, depois dos males do tempo
Das cicatrizes que a vida deixa
Já não tenho a força de ontem
Posso demorar um pouco na conquista
Mas me vale a qualidade que implica
Fui vencedor, nem pensava ser capaz
Muito menos amar como agora, demais
Meu coração apaixonado apanha, não mais bate

Carrego em meu peito
Livre de incertezas
Ela que me inspira a todo o momento
Ultima paixão que quero viver
Sarar as feridas do tempo
Amores que se foram, pois não eram eternos, nem tão amados

Gerson Araujo Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário