https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

20 de out de 2011

Entraste sem bater, que enorme prazer

dembiskipoesias.blogspot.com

A poesia veio sem bater à porta
Chegou-se sorrateira, sem aviso, matreira como só
Apossou-se do coração deste mortal iniciante
Levou-me por caminhos inimagináveis
Traçou destinos a minha volta
Trouxe amigos e amigas de longe

Trouxe você...

Que ao ler meus escritos, simples rascunhos
Sente-se tocada pelo sentimento das palavras
De emoção, carregadas
Cheias de paixão por vezes
Transbordantes de amor
Luxuriantes momentos que vivo
Responsável por elas é você minha encantadora musa

Você...

Que seria do poeta sem ti
Do amante sem dela a ternura
Do amor sem este reino por nós criados
Vivemos através das palavras e imagens
Dedicamos à pureza e destilamos o amor
Para entender o quanto somos importantes
Como podemos nos ter presos a esta conquista
O que nos motivou para nos amar tanto assim

Bem dito é o teu nome
Mal dito é o destino que te afasta
Trouxe-te só agora para mim, malvado

Queria te dedicar abertamente
Sem medo, sem receios, sem prejuízo qualquer
Bem sabes o quanto te quero
O quanto como uma deusa te venero
Tamanha a clareza de meus sentimos

Sou escravo deste amor quer surgiu
E meu coração, sem chances assumiu
Sem barreiras, sem fronteiras
Ainda bem que minhas mensagens te chegam
Sabes o quanto é importante para mim
Tirar das palavras a sutileza, minha amada...
A grandeza que elas encerram
Não ficarão por terra

Te amo...

Gerson Araujo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário