https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

13 de ago de 2011

Teus sonhos, nossa morada


Lembra de mim amor
Mesmo estando distante, posso sentir
Não me perco mais na saudade
Que tenta invadir-me, ponho-me a refletir
Sei que você sempre está sintonizada
Teu pensamento unindo-se ao meu
Posso sentir os momentos, quase ouvir
Da tua alma os lamentos, amada

Nossos sonhos serão concretizados
Não importa o tempo que demore
Os quilômetros que nos separam
Podem ser facilmente percorridos
Basta que chegue o momento
Que te diga que à hora é chegada
Rumarei para instalar-me depressa
Ao teu lado, no teu bairro, na tua cidade

Mas, não pense nisso agora
Apenas se atenha aos obstáculos vencer
Corajosamente irás mais uma luta travar
Sairás vitoriosa minha senhora
Dona é deste meu coração pulsante
Apaixonado e perdido de amor por você

Deixe-me invadir teus sonhos esta noite
Quero escapar da tristeza, deste açoite
Da penumbra de meu quarto
Dos fantasmas da incerteza que me tentam
Mal sabem o quanto nos queremos bem

Deusa amada
Venero-te em meu altar
Tua foto no porta-retrato
Sobre o criado mudo do quarto
Reflete a luz fraca do luar
Que penetra pela fresta da janela semi-aberta
Receba-me em teus sonhos, nossa morada

Gerson Araujo Almeida




Nenhum comentário:

Postar um comentário