https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

17 de ago de 2011

Também tenho meus ciúmes, “dele”


Meus ciúmes são recentes
Podem ser recorrentes
Se antes não me apaixonei
Não havia razão por tê-los

É natural sofrê-los
Imaginar “ele”, ao seu lado
Quanto te toca, quando sente teu calor
O teu perfume inebriante
Quando te chama para a cama

Como gostaria de tudo mudar
Roubar-te para ao meu lado ficar
Não sofrer “dele” a desconfiança
Acreditar em tuas ações
Ouvir tuas lamentações
Teu apoio ser
Tuas necessidades compartilhar

“Ele”, não te ama como deve
Como merecia ser desejada
Está, quem sabe, cansado
Da rotina que se implantou ao teu lado

Amada, quero te dar os frutos
Que o amor plantou em nosso pomar
Da maçã quero o sabor
Da uva o vinho e o licor
Do morango a paixão

Vamos nos amar sempre que puder
Deixe tua janela sempre aberta
Cubra-te de luz nas manhãs
Venha me saudar, quero te olhar
Admirar e desejar que nunca se acabe
O amor que sinto e quero viver com você

Gerson Araujo Almeida
oconfessionario.com

Um comentário:

  1. AMOR SIMPLISMENTE TE AMO!!
    NÃO PRECIOS TE DIZER MAIS NADA!!!!!
    NEOQEAV.....

    ResponderExcluir