https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

8 de jul de 2011

A tua insegurança


A tua insegurança
Não tem razão de ser
Não posso compreender
Que pensas que um dia
Por pura vontade ou fantasia
Eu possa deixar de te amar, te abandonar

Logo eu
Teu apaixonado e poeta
Aquele que te completa
Que te enche o vazio das horas
Afasta de ti a tristeza
Que descobriu a tua leveza
Cobre-te de pureza
Faz este amor florescer em você

Faz-me rir...
Não seja assim
Sabe que te quero tanto
Que de ti espero muito mais
Serei capaz de suprir este amor
Eu sim, às vezes, sinto-me inseguro
Pois sinto este amor tão puro
Que mal posso acreditar
Poder existir e fazer durar
Uma eternidade se necessário

Cada momento contigo
Lança meu coração ao teu
Eles batem sôfregos
Um compasso acelerado
Saltam no nosso peito
Alçam vôos de esperança

Tenha esta certeza
Eu nunca vou te deixar

Amarei por toda vida
Minha amada, minha senhora dedicada
Ouve minhas palavras, elas gritam o teu nome...

Gerson Araujo Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário