https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

17 de mai de 2011

Que mal passem as horas


Mal espero que as horas passem
Que logo o dia se finde
Eu possa me recolher e dormir
Com minha amada sonhar
Temos encontro marcado
Logo pela manhã
Quando o dia raiar
Quero ouvir dos pássaros o canto
Meu canteiro regar
Minhas rosas alisar
Um buque formar...

Ficar a imaginar
Suas mãos tocar
Abraçar seu corpo beijar seu rosto
Sentir nossos corações pulsar

Venha meu amor
A espera me angustia
Mal ouço o cantar da cotovia
Só o murmúrio do mar
A me lembrar da tua figura
Nua e delicada, pela areia deitada
Nas noites de Lua cheia

Vamos banhar nossos corpos
Bronzear nossa pele
No mar nossa volúpia praticar
Paixões que explodem ao leve toque
De amor e ternura nos cobrem

Cuidarei para que seja bem vinda
Leves aromas pela simples cabana
Espalharei ao alvorecer
Um buque na jarra sobre a mesa coloquei
São rosas vermelhas da paixão
Amada não se atrase, finda minha solidão

Gerson Araujo Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário