19 de mai de 2011

Não fique assim..., meu amor


Não tente entender os acontecimentos
Você se dedicou e devotou sua vida
A aqueles que te são caros e amados
Não espere dedicação plena, fica serena
Não se deprima, não fique assim...

Embora esteja tão distante
Quero que nossos encontros
Nossos contatos cheios de ternura
De amor e paixão, nossas juras
Possam suprir a falta que estais sentindo
Não chore, não fique assim...

Cada instante que passamos
Leva-nos por caminhos inimagináveis
Eu e você, deixemo-nos impregnar de amor
Um suspiro seu, um gemido meu
Satisfaz nossos egos de amantes que somos
Ama-me ternamente, não fique assim...

Não fique assim...
Existe um raiar do dia mais lindo que o nosso
Ouves minha voz, leio tuas dedicadas linhas
Querendo me roubar para o teu lado
Eu, amado e perdido por teu amor
Alto e claro, grito ao vento que te amo tanto
Vivamos nosso amor e esqueçamos o dissabor

Não fique assim..., meu amor

Gerson Araujo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário