https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

20 de abr de 2011

Verso e reverso, côncavo e convexo


Você trouxe-me a alegria
Agitou a minha vida
De ternura carregou meus sentimentos
Envolve-me a todo o momento
Trouxe-me a calma de espírito
Este coração que mal batia
Hoje pulsa com tamanha emoção
Mas parece uma criança
Um jovem cheio de impetuosidade
Coração enamorado inundado de paixão
Que aboliu a saudade

Vem de você
Toda esta carga de sentimentos
De amor, ternura e emoção
A mais pura verdade te diz
O poeta que te adora:
- Não sei o que seria da minha vida
sem a sua atenção e companhia

Tua preocupação em me agradar
Por caminhos tão belos me levar
Carregados de muita emoção
Onde podemos nos amar sem restrição
Sem o menor pudor te digo:
- Entrego-me sem medo em tuas mãos,
sem freio, sem nenhum vacilo.
Certo que sentirei os teus momentos
As tuas sensações, me entrego então

Ouvirei teus gemidos
Teus sussurros, teus gritos
Dirás que sou teu amor, teu amante
Aquele que te leva ao delírio
Ao choro, misturado de prazer e gozo
O homem que te vê por inteiro
Verso e reverso

Côncavo e convexo
Nossa posição pouco importa
O importante é que nos adoramos
Desejamos-nos tanto
Que nem a distância que é tanta
Consegue nos separar

Carinhosa criatura tu é
Leva-me as alturas
Enche meu coração de amor
Une nossas almas
Satisfaz este corpo cansado
Ama-me como nunca fui amado

Gerson A Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário