https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

27 de abr de 2011

Deixe-me curar teu coração


Abriste a porta do teu coração
Antes bati, pedi permissão
Entrei e olhei as marcas que nele havia
As cicatrizes não eram tantas
O amor não estava presente
Deixou tudo desarrumado, quando se foi
O clima era manso, sossegado, vazio

Vim para te dar calor
Aflorar tua paixão
Aguçar tua lucidez
Fazer-te sentir que te amo
Provar do teu corpo
Sentir teu sabor, teus lábios macios
Tua pele sedosa e macia

Nunca quis roubar nada seu
Quero apenas compartilhar este amor
Que é nosso puro e verdadeiro
Nunca fiquei a margem de teus carinhos
Sempre me entrego em desalinho
Quero-te meu amor

Desejaria gritar
Teu nome revelar
Trazer-te para mais perto
Completar-me em ti
Conduzir-me ao teu encontro
Todos os dias e noites
Todos os momentos possíveis
Cada minuto de vida, cada sopro
Ao teu lado estar, meus desejos realizar

Não se entregue as dúvidas
Sabe que só você me desperta
A luxúria, a paixão, a ternura
Cada movimento teu me encanta
Dança pra mim, olha teu espelho
Ele reflete o que vejo
O amor em forma de mulher
A paixão que tuas curvas refletem

Cada manhã o amor está presente
Lentamente realizamos nossos desejos
Enche minha alma com tua luz
Usa-me da melhor forma que quer
Saiba que é minha dona
Amor de minha vida

Marca meu corpo me arranha
Instiga minha luxúria, me banha
Nada te é impossível ou proibido
Hoje e sempre quero estar contigo
Ama-me assim, sem compostura

Gerson A Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário