https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

19 de mar de 2011

Começam a cai as folhas

Começam a cair as folhas
Aproxima-me o outono
Na praça fica coberto o banco
Sobre as folhas meu caminhar
Minha presença não denuncia
Meus passos não escutas
Você ali sentada nem percebe
Minha chegada

Hesito
Quero te surpreender
Minhas mãos cobrem teus olhos
Não podes ver
Tocas estas mãos que sempre
Fizeram-te carinho
Percorreram este corpo formoso
Descobriram caminhos
Deixaram-te encabulada
Revelas que sou o seu amado

Musa de meus versos
Introdução a paixão
Natureza indomada
Hoje és minha praia
Aurora que vivo a desfrutar

Clara pele como areia
Luxuriante tu és como as ondas
Espalhas sobre meu corpo tuas espumas
Untas de algas meus cabelos
Sereia de meus sonhos
Amante deste seu navegante

Quimera
Um desejo de esperança, um por vir
Estar contigo ao meu lado
Retribuir o teu amor
Isso é meu maior desejo
Darmos as mãos e ir
Ao encontro do nosso paraíso

Gerson A Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário