https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

3 de jan de 2011

Meu amor está de volta...


Meu amor está de volta.
Minha alma se aquieta
Quanto tempo se passou
Já nem sei dizer
Pois o tempo...,
Quando, ao teu lado estou, pára.

Nem bilhetes, nem cartas.
Nenhum escrito me chegou
Nem os pombos me trouxeram
Tuas mensagens de amor

Quero crer que estavas confinada
Rodeada e impedida de me ver
De me falar, de nosso segredo, revelar.
Foi melhor assim...

Meu ano começou
Nosso encontro se realizou
Embora tenha sido rápido
Mas não posso reclamar, bem sei...
Que outros te reclamam
Tem direito sobre ti
Sou apenas um, que me aproximei.
Que te cativei que te amo muito.
Só espero que me ames também

Quem ama quer a felicidade do outro
Não pode pedir exclusividade
Bem sei que me tens no coração
Já muito eu sei, mas a solidão...
Tem hora que me maltrata
Joga-me no chão, me cala.

Na vida de um poeta
Este sentimento é muito grande
Ouvimos a voz da amada a todo instante
Queremos colocar em uma redoma
Exilar do mundo a criatura
Amor de minha vida, minha querida.
Você é meu ar, meu sal, minha razão..., meu perdão.

Gerson A Almeida

Um comentário: