https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

1 de dez de 2010

Aids, pode matar


Vamos vestir esta idéia
Ser aplaudido pela platéia
Platéia esta formada por ela
Nossa amada, namorada,minha bela

Não só é uma boa idéia
Mas previne tantos males
Mantém o sexo, seguro
Livre de preocupação e puro

Embora muitos digam
Que parece ser
Comer bala com papel
Mas, vale pela prevenção
Evita uma indesejada gestação

Jovens, homens adultos
Senhores maduros
Eu confesso que nunca usei
Vim do tempo que não existia
A maldita epidemia
Sempre fui fiel, a parceira de fé
Namorei, noivei, casei

Sei que hoje, é pedir muito
Os conceitos mudam
Meu filho é adepto, sempre coberto
Sempre incentivei o uso, por certo
Preocupado sempre estive
Um rapaz bem esclarecido
Sexo só protegido
Camisinha, no lugar certo

Quem sente é o cérebro
Os órgãos, são tomadas
Quando ligados os fios certos
Os contatos disparam
A carga se espalha
E vamos pra galera...

Use sempre ela
Carregue no bolso, na carteira, na bolsa
Nunca se sabe o momento certo
Se ele não a tiver, recuse
Se ela não a tiver, cuidado
Repense, vai valer a pena...

AIDS, pode te matar

Gerson (011110)
Dia mundial de preservação da Aids.

Um comentário: