https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

8 de nov de 2010

O que fazer por ti..., te amar

Sei o posso fazer por você
Sei que posso te ajudar a esquecer
Este tormento que te machucou,
Não vais ficar sozinha,
Sempre estarei ao seu lado...

Viver uma paixão é tão natural
Que mal há nisso, nos faz sentir vivos
Amar-me... , também te amo,
Tenho um carinho enorme por você,
Pela vida que levas, pelo que sofre, pela tua luta
Pela vontade que tens em vencer

Entendo o que sentes tua carência
Comove-me, uma mulher que não merecia
Ter sido condenada, isolada do amor
Que sempre quisestes viver com intensidade
Não é verdade..., eu sei o que é uma doce ilusão

Vamos nos abraçar, dar-te-ei mil beijos
Sempre vou te amar, sempre vou te dedicar
Palavras de carinho, afagar este peito vazio
Esta vontade de um novo amor viver

Meu bem querer
Estais sempre em meus pensamentos
Sempre que posso..., atento
Fico a te esperar, para te falar te incentivar
Para saberes que és uma mulher valente
Atraente, bela..., envolvente

Amada...
Sonhadora..., sonhe sempre comigo
Serei o seu abrigo, não me importo
Só quero que sintas o amor que te dedico
As palavras ternas, sinceras..., verdadeiras
Recolherei seus cacos, suas pétalas soltas
Suas lágrimas quero enxugar, só prometa
Que sempre me amará como eu a ti...
Nunca esqueça...

Gerson (081110)

2 comentários:

  1. Que bonito querido amigo, e profundo também!!!

    Bjs e felicidade!!!

    ResponderExcluir
  2. estou vivendona pele da musa do seu poema...infelismente, poesia nao é vida real, mas esses versos me consolam, me acalmam, fazem com que eu me sinta amada pelo eu lirico.

    e...mesmo que na vida real, meu corpo sofra, no mundo da poesia, meu coração sente acalanto...

    esse poema é maravilhoso, vc tem ex´mia sensibilidade pra entender uma a carencia de uma mulher...

    continue nos impressionando =D

    ResponderExcluir