https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

21 de nov de 2010

O amor é um punhal


Este sentimento me toma
Consome-me
Que paixão em nosso ser pode
Despertar tamanha emoção
Abala nossa alma para o bem querer
Palavras que podem encontrar obstáculos
Que não possam ser superados
Mas, teimo em dizer
Amo-te tanto...

Minha ousadia me faz sentimentos declarar
Que para outros são possíveis tabus
São difíceis de aceitar de conviver
Até mesmo se permitir, sentir
Sem a devida liberdade de expressar

O amor é um punhal
Entra em nosso coração
O faz sangrar, machuca e fere..., uma dor
Que não nos deixa sossegar
Tenho que falar..., gritar para abrandar
O que sinto...

Posso correr o risco de perdê-la
Fazê-la se afastar, mas não consigo calar
Já é da minha natureza
Minha traidora boca que nunca se cala
Minhas mãos que não controlo mais
Meu lápis que só escreve para ela
Minha doce amada, tua imagem...
Não me sai do pensamento...

Espero que não tenha ferido a tua alma
Tenha te feito agir desta maneira
Sorrateira...
Mulher dedicada, uma jóia rara
Um anjo sobre a terra, que maculei
Com minha verdade, dita com o coração
Condene-me, se for a tua vontade
Ficarei calado para sempre
Pagarei o meu pecado, isolado de ti

Rasgarei o teu retrato, nunca mais
Sentirei a tua presença por perto
Vou morrer em vida, tentar te esquecer
É isso que me desejas...
Por toda a vida, padecer

Gerson(211110)

3 comentários:

  1. Oi querido amigo! Passando aqui pra lhe desejar um semana florida e com muita criatividade para escrever seus poemas...

    Beijos em seu coração!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Gerson!
    Suas palavras de amor,há uma adoração à mulheres.
    Num de meus textos digo:"Viver é risco,Amar é um pecado."
    E que pecado doce e ácido !
    Amar é arriscar ganhar ou perder, mas o que vale mesmo é viver uma história...
    Bela postagem!
    parabéns!
    Beijos na Alma

    ResponderExcluir