https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

10 de nov de 2010

Não sintas medo de amar


Não sintas medo de amar,
É tão natural o que sentes
És mulher desejada...,
Tua beleza ainda presente..., me atrai,
Faz-me revelar este segredo,
Que agora..., merece ser carregado no teu coração

Sempre foi uma menina,
Nunca chegarás a deixar de sentir
Este amor que te dou
Tão sincero e puro..., desperte o teu coração
Deixe-me penetrar e carregar esta emoção
Que está em teu coração
Que sinto ao te tocar com minhas palavras

Às vezes, fico a esperar os teus carinhos
Fico perdido na noite escura, solitário
Você não vem, não sinto a tua presença

Sou o sol que ilumina a tua imagem
Bronzeio-te, te deixo aquecida
Este corpo que queria tocar
Lábios que queria beijar
Mas sei que me és impossível
Reconheço-me ser incapaz de te ter
Mas me conformo em te dar o meu amor
Passar-te os meus anseios, meus desejos
Que mal posso te proporcionar..., se te amo tanto

Não tenho pudor para meu amor revelar
Será proibido fazê-lo, será condenável senti-lo
Só quero que me retribuas, que me faça sonhar
Sentir que estais feliz..., sorria

Não fique insegura, és uma fortaleza
Tua luta pode ser inglória...,
Merecias mais reconhecimento...,
No momento só posso dar-te o meu carinho,
Minha bondade, minha vontade de te ver feliz,
Ser amada, desejada
Por este pobre mortal..., que lamenta
Não ter te encontrado mais cedo..., meu medo
É que o tempo me leve pra longe
Que o espaço entre nós..., aumente
Docemente te peço..., não me esqueças...

Gerson(101110)

2 comentários:

  1. Lindo Gerson!

    Bjs meu querido amigo!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite,Gerson!
    Sei que a tua amada lê os teus versos e os teus poemas cheios de ternura e afeto.Ela sabe o quanto são sinceras as tuas palavras. Belo poema.
    Beijo

    ResponderExcluir