https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

6 de out de 2010

Deixe-me entrar na sua vida

Deixe-me entra na sua vida
Inteirar-me das tuas paixões
Agasalhar este coração que
Está frio e só neste peito carente
De calor..., de amor

Estou tão perto de ti
Que quase posso tocá-la
Posso sentir o teu corpo
Quase posso sentir o ar que respiras

Vou invadir os seus sonhos
Apresentarei-me perante a ti
Vou te beijar abraçar te dar o carinho
Que buscas..., ao acordar
Tente se lembrar de mim

Prometo-te dar o calor que te
Aquecerá nesta vida serás a minha
Prometida que tanto busco
Para dividir este amor que carrego
E que te entrego em mãos
Seu servo, seu amado o que buscas
Há tanto tempo para tua solidão acabar

Trarei-te flores, vou bater na tua porta
Anunciarei minha chegada, minha amada
A eternidade te prometo, nunca te deixarei
A vagar sem amor, sem esperança de teus
Desejos realizar..., vem cá, pois quero te amar

Gerson(061010)

3 comentários:

  1. Oh,que maravilhoso é quando o mundo encontra o poeta que desvenda o coração e os pensamentos da mulher apaixonada, da jovem que aguarda o seu amor, sedenta por esse calor que é prometido neste poema.....como ja disse, sou sua fã, amos seus poemas...
    ficaria horada se visitasse meu blog, pois é uma visao femina do amor e do ser poeta http://ummundodiferente-poesia.blogspot.com

    tudo de bom pra vc e viva o amor!

    ResponderExcluir
  2. Uau!!!! Gerson, Gerson!!!! Como eu já te disse, ler teus poemas com essa trilha sonora de fundo, aff!!! Homem de Deus...risos!!!


    Beijos meu querido, a gente se fala!!!


    Ps.: Uma observação, sabe que eu gosto mais de ler teus versos aqui, do que lá no outro...hahaha, sei lá!!!

    ResponderExcluir
  3. que loucura é esta meu amigo....
    assim me mata de amor....este vc também fez p alguém...fiquei com inveja...heheh

    ResponderExcluir