https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

18 de set de 2010

Perdido por ti, estou

Sublime Imagem
Desperta teu corpo
Provoca a minha luxúria
Meu puro desejo em tê-lo
Nu sobre o meu
Sentir os teus pelos
Camada aveludada
Minha amada...

Não mente a lembrança
Sobre a cama deitada
Lençóis e travesseiros..., jogados
Atirados pelo chão..., minhas mãos
Ainda quente lembram-se do contato
Das secretas passagens
Para mim reveladas, comprovam...
Perdido por ti estou

Ficou na retina gravado
A fascinante lembrança
Como este corpo desejo
Leve e solto, tua camisola de seda
Envolvendo tua beleza
Ao meu lado tu te despes
Entregou-se a paixão

Dentre os mortais
Eu sou o mais feliz
Brado aos quatro cantos
Ouça o meu regozijo
Realizemos nosso ato de amor
Antes que a noite termine

Gerson (180910)

Um comentário:

  1. Mais um belo poema,poeta Gerson. Como todos os outros,ficou simplesmente lindo. Há uma leve sensualidade romântica que fez o poema se tornar tão delicado. Parabéns!

    ResponderExcluir