https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

30 de set de 2010

Estrela matutina..., sua luz me lembra você

Vou me recolher mais cedo
Estive a tua espera, sei que
Não estais por perto, uma amiga
Me falou..., só retornarás quando
Puderes..., minha espera terminou

Para as cobertas vou me abrigar
Neste início de inverno, que não tarda
A chegar, vou me cobrir para o frio
Não me tocar, vou tentar dormir logo
Para não ficar pensando em ti

Não sentir o teu calor, o teu perfume
A tua voz, sussurrando ao meu ouvido
As palavras que queria ouvir de ti
Me abrigar me por a dormir..., repousar

Vou deixar as cortinas abertas, para a
Luz das estrelas e da lua, penetrar no
Meu quarto, me fazer companhia, nesta
Noite fria, sem ti para me aquecer

Pela manhã, observarei o firmamento
A lua invejosa se retira e só a estrela
Matutina, que me lembra você
Ainda estará no céu esperando o meu
Despertar..., vou te saudar e me
Lembrarei de você..., te aguardarei
Na varanda..., não demores

Quero te falar, quero compartilhar
Meus desejos, minha paixão
Minha saudade, te dedicar o meu amor
Meus poemas, meus rascunhos que
Nesta ausência foram deixados
Nestes papeis espalhados..., jogados
Sobre a mesa..., de trabalho.

Que saudade..., volte logo...

Gerson(200610)


2 comentários:

  1. Que o brilho de tua estrela matutina ilumine os teus sonhos de poeta. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Hum... eu estava vendo o selinho no teu blog, e pelo que me parece está com problemas na formatação. Vou te enviar uma imagem nova pelo outro blog.

    Bj!!!

    ResponderExcluir