https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

1 de set de 2010

Curar tuas feridas, te amar

Não..., Não apague as pisadas suas
Deste caminho que trilhaste
Vou te seguir até o fim desta estrada
Pode ser que não dê em nada
Mais vou tentar..., te juro que vou

Curar tuas cicatrizes
Dos cruéis espinhos que outro deixou
Quero curar este coração magoado
Sofrido e mal amado
Curá-lo será minha missão

Resgatei-te do mundo sombrio
Iluminei o teu caminho
Hoje me encontro a tua espera
Na tapera onde habito
Lá na curva desta estrada

Lá a beira da lareira
Deitada no sofá da sala
Envolta em meus braços
Sorveremos o vinho cálido
Doce e suave que em teus lábios
Vou saborear com mil beijos
Sem parar vou te amar
Por toda uma existência
Clemência peço-te...
Não me deixe um só minuto sem você

Lua..., agradeço-te o empenho
Procuraste minha amada
Pelos campos pelos prados
Trouxeste-me meu amor
Posso ficar em paz
Amar e viver muito mais
Meu destino era esse
Ficar ao teu lado para sempre

Gerson (010910)

Nenhum comentário:

Postar um comentário