https://www.criarbanner.com.br/criargifs/a/1f588446f6ad0cab9c1cea00b6ec179f.gif

27 de ago de 2010

Razões de meus poemas

Elas usam saias
Tem o corpo que me atrai
A voz melodiosa..., encanta e trás
Ao meu peito..., imensa paz

Despertam o meu desejo
Aumenta a libido, me deixa sofrido
Por não poder telas ao meu lado
Todas sem exceção...
Sentiria-me um sultão

Desculpem-me, é brincadeira

Vocês fazem meu coração
Bater acelerado, este malvado
Que quer sair em busca de todas
Ordinário, safado...

Peço perdão..., já foi reprimido
Mandei-o ficar calado
Fazendo o seu trabalho..., me manter vivo
Meu corpo irrigado

Minhas amigas, minhas fontes inspiratórias
Bebo este néctar todos os dias
Revitalizo-me a cada momento do dia
Com vossas companhias..., minhas janelas
Às vezes ficam repletas, mal dá pra dar bom dia
Boa tarde..., como vai

Desculpe-me a pouca modéstia
Mais tinha que falar a todas você
Meus tesouros, minhas alegrias
Seus desejos quero compartilhar
Suas angústias aplacar
Seus segredos se porventura me chegarem
Serão guardados...

Um beijo em suas faces
Seus lábios..., meus morangos
Seus rostos..., meus retratos na estante
Seus semblantes..., minhas fontes
Meus poemas, declarações de amor
Seus ciúmes..., o que posso fazer
Para que você não sinta...

Gerson(180810)

Nenhum comentário:

Postar um comentário